segunda-feira, 18 de maio de 2009

Stop and Hear the Music

Um tipo desce na estação de metro vestindo jeans, t-shirt e boné, encosta-se próximo da entrada, tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo para a multidão que por ali passa, bem na "rush hour" matinal.

Durante os 45 minutos que tocou o instrumento, foi praticamente ignorado pelos transeuntes. Ninguém sabia, mas o músico era Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, que executava peças consagradas num instrumento raríssimo, um Stradivarius de 1713, estimado em mais de 3 milhões de dólares.

Alguns dias antes Bell tocara no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custam a “bagatela” de 1000 dólares.

A experiência, gravada em vídeo, mostra homens e mulheres de andar rápido, copo de café na mão, telemóvel ao ouvido, indiferentes ao som do violino.

A iniciativa realizada pelo jornal The Washington Post era a de lançar um debate sobre valor, contexto e arte.

(recebido via e-mail)

http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2007/04/04/AR2007040401721.html

3 comentários:

paperdoll disse...

também recebi no email há uns tempos. dá que pensar...

lpb disse...

Fascinante...

Anónimo disse...

esse ordinário do JB! Ai coitadinho sou o JB e ninguém olha para mim! Ninguém me liga!

Vá para o raio que o parta! Ai eu gostava muito de jogar tennis quando era puto!

O
RAIO
QUE
O
PARTA!

Ele devia era ir para uma Instituição de Cuidados de Saúde para ver o que era bom!

HI&R Anon.