domingo, 8 de maio de 2011

a letter to elia



bela maneira de começar o indie.

2 comentários:

Luís Bernardo disse...

:) é preciso ser um grande ser humano para poder escrever uma carta-filme tão bonita...

(e o raio do flamingo? ainda estou a tentar perceber.)

a. disse...

linda :) pura inspiração.

o flamingo estava doente. o tipo que o filmou, passado.