quarta-feira, 16 de julho de 2008

Pátio Dom Fradique


Holga, Lisboa (Pátio Dom Fradique), Outubro 2007

Um dos meus lugares preferidos em Lisboa e se tiver de explicar porquê, nem sei bei o que dizer... foi palco do filme de Wim Wenders "Lisbon Story" e na altura parecia-me que os Madredeus a ensaiarem no andar de baixo, naquele bairro, naquele pátio, tinha tudo a ver com aquele lugar. Quando vou ao castelo, escolho sempre aquele caminho, com vontade de o ver menos destruído, mais vivido... mas a reabilitação, a vir, tornará aquela zona interdita... será necessariamente um espaço reconstruído por privados e para privados (com dinheiro)... Sei porque gosto deste lugar, deste pátio escondido... é de recantos que são feitas as minhas cidades preferidas.
Este post vem a propósito da próxima sessão do Cinelençol organizado pelo Mal, que esta sexta-feira pelas 22h, trará o cinema ao pátio Dom Fradique.

2 comentários:

Orlando Marques disse...

Em Maio de 2006 ao passear no Pátio com um amigo meu que estava a estudar a implantação de uma instalação para a Luzboa, lembro-me de termos pensado em registar bem aquele momento porque lugares como esse já são raros nesta cidade cada vez mais privatizada e cada vez mais "nova rica". É assim que a máquina trituradora do dinheiro conspurca os poucos espaços onde ainda reside a esperança, mesmo que habitados momentaneamente por gente que dela nada esperem. Pois, parece que à Luzboa aconteceu o mesmo; foi triturada e vai ser franchisada. Vamos só ver se bem ou se mal. Mas a essência perdeu-se.

pipo ou outro nome qualquer disse...

haha comprei-te esse filme na polónia!